terça-feira, 19 de junho de 2012

E repousará sobre Ele o Espírito do Senhor


E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do SENHOR. 

Isaías 11.2

Quando aceitamos o Senhor como o nosso Deus, reconhecemos a obra feita no calvário ou mesmo, quando voltamos para os seus braços, recebemos a unção do Espírito Santo, Ele começa a nos encher com o Seu Espírito. O que Deus nos diz nessa passagem é que, ao recebermos a comunhão com Deus, o inimigo não poderá nos tocar; se verdadeiramente, tivermos intimidade e trilharmos os Seus caminhos.

O que devemos e precisamos entender, é que ser evangélico é ter comunhão com Deus; ter intimidade com Ele; é pedir e ser atendido, é ter paz no coração, é estar tranquilo por saber que a sua vitória já está mais do que garantida, porque somos seus filhinhos queridos, propriedade particular dEle.

Muitos quando enfrentam algum problema, se desesperam, gritam, murmuram contra Deus. Se ao invés disso, chorássemos aos pés do Pai, pedíssemos socorro, rogássemos por sua divina misericórdia, os problemas se revelariam de forma mais amena e, seriam muito mais facilmente resolvidos.

Não há outro Deus além dEle; não há outro a quem possamos recorrer, e se  a glória é dEle,  Ele não dividirá com ninguém. Por isso, Deus não admite seus filhos recorrendo a deuses estranhos e mentirosos; acreditando nesse engano maligno que tudo leva a Deus. Não se deixe enganar: Só o Senhor é Deus!!!

Tudo o que pedirmos ao Pai, Ele nos dá, se de acordo com Sua vontade. Independente dEle atender aos nossos pedidos, muito antes de guerrear as nossas guerras, Ele nos promete, nos garante a unção e benção especiais, prometidos no texto citado.

Quem tiver ouvidos, ouça!

Repousará sobre Ele o Espírito de sabedoria e entendimento. Entendimento e sabedoria, para saber o que é cilada do inimigo, o que é circunstancial e, como usaremos a Palavra para arrebentar com as ferramentas preparadas pelo inimigo, que não por acaso contra nós não prosperam.

O espírito de conselho e fortaleza.  Aquela Palavra com a qual você foi alimentado alimentará aos que precisam e, as bençãos que você derramará sobre todos aqueles que buscarem o seu favor. Você será a boca de Deus na vida das pessoas, se não fugir ao seu chamado.

E o mais importante depois de todas essas abundantes bençãos espirituais: o Espírito de conhecimento e temor do Senhor.  A Palavra de Deus diz que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria; ou seja, devemos reconhecer que Deus sabe o que é melhor para as nossas vidas, que Ele nos escolheu e por isso devemos sujeitarmo-nos às suas ordens. Em sua Palavra, Ele também diz aquele que me ama é o que guarda os meus mandamentos.

E o Espírito de conhecimento, vem de duas maneiras. O Espírito Santo é o nosso ensinador; então, no momento certo, Ele nos fará lembrar o que temos de dizer. Por outro lado, o segredo do Senhor, é para os que o temem. Ele só revela conhecimentos profundos para quem merece, batalha e busca a Sua revelação.

Não pense você que Ele vai desenrolar os mistérios dEle para qualquer um. Estes mistérios são somente para aqueles que o buscam e o temem, até porque Ele sabe, se a pessoa vai dar o uso correto ao conhecimento adquirido.

Ele exige temor, Ele exige o senhorio da sua vida e, não vai permitir vanglória dos servos dEle; Ele quer humildade, abnegação e simplicidade; até porque ele resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.

Todas essas bençãos estão em sua vida, o Senhor já liberou a Palavra de vitória em sua vida. Mas submeta-se a Ele, reconheça que Ele é o Senhor da sua vida, e Ele cumprirá todos os desejos do seu coração.