segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

A extraordinária unção financeira de Deus para a sua vida


 

Mateus 25. 24,25,28,29

Um dos maiores problemas do povo de Deus é hoje, a questão financeira.   É fato, não temos como negar. Por que será que o povo escolhido tem tanta derrota nessa área? Será que realmente esse não é um assunto importante? Se não é importante, por que um quinto da Bíblia fala sobre a questão financeira? Será que Deus quer de nós apenas a cidadania celestial e, quer que as pessoas aqui na terra dêem mau testemunho na área financeira, como querem alguns?

Esse texto fala sobre a semeadura, colheita, provisão, abundância e multiplicação de uma maneira geral, em todas as áreas de nossa vida. Mas, hoje, especialmente, vou ater-me à questão financeira; a uma unção especial para esses últimos dias, que o Senhor tem prometido a todos aqueles que o buscam. 

A primeira coisa que quero falar sobre esse texto é sobre o conhecimento do Senhor. De todos os servos, esse era o único que conhecia ao Senhor. 

Esse era aquele crente com 700 anos de evangelho; orgulhoso de seu tempo de caminhada com Deus; que ajudou Noé a projetar a arca, coisas desse tipo... A Bíblia diz que ele era servo e conhecia ao Senhor. E se essa é a verdade, será que algo o impediu de receber o novo de Deus em sua vida? O que o paralisara a ponto de ele esconder seu talento?

Ele ia aos cultos todos os domingos, dava show de Bíblia em qualquer um, se o pastor não vigiasse...mas, ele negligenciou as leis espirituais da prosperidade: a semeadura, colheita, provisão, abundância e multiplicação. Querido, diz o Senhor, se hoje ouvires a voz do Senhor teu Deus, não endureçais o vosso coração!!!

Se o pastor fizer um chamado à igreja, com um propósito do coração de Deus para lhe abençoar e, você sabe que é Deus falando contigo, não deixe de cumprir e receber o milagre do novo de Deus em sua vida. Se Deus te mandar semear em um ministério, não fuja. Não ouça os argumentos lógicos de sua mente, porque a lógica é contrária a fé, e nós não devemos andar por vista, pelo que vemos, mas por fé.

O servo diz ao Senhor que sabe que Ele colhe onde não semeou e ajuntas onde não espalhou; mas algo, o paralisou e não deixou que ele recebesse o seu galardão. Jesus está dizendo que é o Senhor quem, opera o milagre!!! Não tente pelas suas forças. É o Senhor quem vai lhe multiplicar, pois somente Ele tem poder para isso. Tente você colher onde não semeou e ajuntar onde não espalhou, para ver se você vai conseguir...

Agora o Senhor é duro, reto justo e fiel!!! Ele não vai te abençoar fora das leis que Ele mesmo estabeleceu para a prosperidade do povo dEle. O Senhor não pode negar a si mesmo, nem mudar a sua Palavra, porque eu ou você achamos que o nosso caso é diferente, porque somos especiais, porque temos mais anos de Evangelho do que a maioria... Meu irmão, se o Senhor mandou você fazer algo, vá na simplicidade da Palavra e, cumpra. Seja ovelha!!!

O temor fez com que o servo fosse morto espiritualmente. Satanás conseguiu suscitar no coração desse servo o medo e a paralisia de sua fé. O texto diz que o servo estava atemorizado. E estava atemorizado desde o princípio, quando recebeu o talento; tanto é verdade, que foi correndo enterrar o talento. Quantos hoje, não estão enterrando o talento que Deus deu pelos mais variados motivos. Eu quero dizer-lhe  que é a você que o Senhor vai pedir contas, e não aqueles que se opuseram a você. Vai pensando que você vai chegar diante do Senhor de mãos vazias e vai poder lançar a responsabilidade disso sobre o seu pastor, marido filho ou quem quer que seja. Quando o diabo consegue te tornar passivo e parado em relação a sua fé, você perdeu grandes bênçãos financeiras que Deus tinha para te entregar. E se na vida do cristão, o mandamento é dar para ter, como teremos se não dermos? Essa voz que está murmurando essas coisas em seu coração,  lá no banco de sua igreja na hora da oferta é nada mais nada menos do que o próprio diabo roubando a sua prosperidade e se possível, a sua salvação.

Se você não quebrar esse círculo vicioso de apego ao dinheiro na sua vida, esse espírito de mesquinharia, essa expectativa maldita de perda; se você não multiplicar os talentos que Deus te deu, quando você for prestar contas ao Senhor da obra, Ele vai te tomar de volta o que é dEle e vai te deixar sem, nada. Dando a outro as bênçãos que estavam reservadas para você. E não adianta discutir comigo, discuta com a Bíblia e depois com o Senhor naquele grande dia... Ele é o Senhor da seara e tem todo poder para isso.

Onde está a sua fé? Você só tem fé para pagar as contas no fim do mês? Você só tem fé para entregar o dízimo puro? As suas ofertas vêm antes ou depois de suas contas? 

Deus quer derramar sobre a sua vida uma unção que você nunca sonhou antes. Ele faz muito mais do que pedimos ou pensamos, segundo o seu poder que opera em nós!!! 


                Irmão, a decisão é sua, se você não semear e não tiver para apresentar a multiplicação dos seus talentos ao Senhor da seara, Ele vai tirar do ímpio para dar para o justo. A escolha é sua: A prosperidade do Senhor ou a maldição da lei em forma de derrotas financeiras. A pessoa estará sofrendo por algo que Jesus já levou na cruz do Calvário. Lembre-se, somente o Senhor tem o poder de multiplicar as nossas bênçãos e de tirar e de dar a quem quiser, na hora que quiser!!!